Tagua Tagua Gran Reserva
Carmenère

VALLE DE RAPEL, CHILE

A uva Carménère é outra variedade originária de Bordeaux. No século XVIII era uma casta comum nos vinhedos do Médoc, mas se tornou uma raridade por lá. Levada para o Chile no século XIX, durante muito tempo a uva Carménère foi confundida com a casta Merlot. Somente em 1994, nos vinhedos da Viña Carmen na região do Chile, ela foi corretamente identificada pelo ampelógrafo Jean-Michel- Boursiquot (profissional que estuda, identifica e classifica os tipos de uva).

Tipo: Tinto

Casta(s): 100% Carmenère

Teor Alcoólico: 14%

Açúcar: 1,79 g/l

Acidez Total: 3,46 g/l 

PH: 3,52

Vinificação: Fermentação alcoólica entre 27° a 29°, para obter melhor cor e estrutura. Se completa e complementa com fermentação maloláctica.

Envelhecimento: 16 a 22 meses em barricas francesas grão fino de primeiro a terceiro uso.

90 pontos La Cave

PREMIAÇÕES

NOTAS DO ENÓLOGO

Visual: Cor vermelho rubi e tons púrpura.

Aroma: No nariz é herbáceo, eucalipto intenso e pimenta negra, produto da tosta da madeira francesa.

Paladar: Na boca a fruta vermelha se integram com agilidade, complexidade da madeira que aporta chocolate e café colombiano tostado. A acidez foi elegantemente balanceada, seus taninos são marcados, sem buscar ser invasivos e o final é longo e pausado.

Harmonização: Pata de cordeiro no ponto, Confite de Pato Pekín com molho de laranja ou trufas caseira.

Temperatura de Serviço: Entre 18ºC a 20ºC. Decantar por 30 minutos.