Sidónio de Sousa Garrafeira

BAIRRADA, PORTUGAL

A uva Baga, uma das principais uvas nativas de Portugal, é capaz de oferecer enorme complexidade aos rótulos que compõe. Demonstrando muita classe

e estrutura, a variedade da casta de tintos é única no seu valor e possui um fantástico potencial de envelhecimento, que atua com o vinho na garrafa durante anos após sua fabricação.

Tipo: Tinto

Casta(s): 100% Baga

Teor Alcoólico: 13,5%

Açúcar: 2,80 g/l  

Acidez total: 71,90 meq/l  

PH: 3,68

Vinificação: Esmagamento sem desengaçe com arrefecimento das uvas

na adega em pequenos lagares abertos (tanque em que são espremidos

as uvas, reduzindo-os a líquido.), onde se inicia a maceração pelicular

e posteriormente a fermentação, sem adição de enzimas e leveduras. A pisa

é efetuada manualmente com massas de madeira para aumentar uma maior extração das características vínicas da casta Baga.

Envelhecimento: 18 meses em barricas de carvalho. 

NOTAS DO ENÓLOGO

Visual: Com grande concentração de cor granada.

Aroma: Intenso dominado por notas de frutos silvestres, compota característica da casta baga. 

Paladar: Na boca é complexo e concentrado com bons taninos já um pouco redondos. É um vinho com grande estruturado e elegância.

Harmonização: Ideal para assados e grelhados de carnes vermelhas

bem condimentadas "chanfana", queijos fortes e carnes defumadas.

Temperatura de Serviço: Entre 16ºC a 18 ºC. 

93 Pontos Robert Parker

PREMIAÇÕES