El Cipres Torrontés

MENDOZA, ARGENTINA

Torrontés é a única cepa considerada nativa da Argentina, e pode-se considerar que seus vinhos são produzidos quase que exclusivamente nesse país, pois há somente algumas vinhas dessa variedade fora da Argentina, no Chile, no Peru,

no Uruguai, na Califórnia e na Nova Zelândia. 
Estima-se que tenha surgido entre o final do século 18 e o início do século 19, tendo sido batizada com esse nome em meados do século 19.
A palavra Torrontés vem de enxurrada, o que é muito apropriado para descrever o vinho produzido com essa uva, caracterizado por aromas incrivelmente potentes, capazes de surpreender qualquer um.

Tipo: Branco

Casta(s): 100% Torrontés

Teor Alcoólico: 12%

Açúcar: 1,80 g/l

Acidez total: 5,35 g/l 

PH: 3,7

Vinificação: Seleção manual das uvas, desengace, esmagamento e prensagem diretas. Fermentação a 15-18°C e envelhecimento com leveduras selecionadas na borra por 6 meses em cubas de inox. 

NOTAS DO ENÓLOGO

Visual: Cor amarelo esverdeado.

Aroma: Nariz perfumado com notas delicadas de flores como pétalas de rosa, Azahares, toques de frutos maduros e cítricos.

Paladar: Boa estrutura sabor, acidez equilibrada, com final particularmente perfumado e delicado.

Harmonização: Aperitivo, mas também vai bem com comida ou peixe asiático com saladas frescas.

Temperatura de Serviço: Entre 06°C a 08°C.