Château Haut-Bages Libéral
Grand Cru Classé Pauillac

PAUILLAC, FRANÇA

No momento da classificação de 1855 esta propriedade pertencia a M. Libéral, cuja família havia sido “cortesãos” na área desde 1736. 
A derivação do nome “Haut Bages” vem do planalto de Bages, onde a maior parte da vinha está localizada. 
Durante a primeira parte do século 20, Haut Bages Libéral passou por um período de relativa obscuridade, mas um grande programa ressurreição foi realizado quando a família Cruse adquiriu a propriedade. No entanto, foi em 1983, com a chegada da família Villars que Château Haut-Bages Libéral realmente recuperou sua antiga glória. Hoje, a propriedade é administrada por Claire Villars Lurton. Ela empreendeu uma revisão da ferramenta de vinificação e adotou uma nova abordagem ao meio ambiente.

Tipo: Tinto

Casta(s): 72% Cabernet Sauvignon e 28% Merlot

Teor Alcoólico: 13,5%

Vinificação: A data das colheitas é decidida pela prova das uvas de cada parcela (pele e sementes). A vinificação dura entre 17 e 25 dias dependendo da casta, do solo e da idade da vinha. As temperaturas não devem exceder 25ºC a 27ºC durante a fase de fermentação. Durante este primeiro período

de fermentação, duas a três bombagens são feitas diariamente até o 
desaparecimento de açúcares e também três vertidos por cuba na primeira fase da fermentação alcoólica. Após a fermentação maloláctica,

os vinhos são transferidos para os barris. 

Envelhecimento: 16 a 18 meses de acordo com a vindima em barris 

de carvalho francês. 

NOTAS DO ENÓLOGO

Visual: Cor vermelho com borda vermelho rubi profundo.

Aroma: Aroma de frutas vermelhas maduras combinado com especiarias,

couro e chocolate amargo.

Paladar: Denso, estruturado, taninos longos muito bem integrados com a fruta.

Harmonização: Carré de Cordeiro, queijo Abbey Belloc, Filé Mignon 

com champignon.

Temperatura de Serviço: Entre 16ºC a 18ºC.