Quinta da Fata Tinto Dão DOC
CLÁSSICO.png

DÃO, PORTUGAL

A Região Demarcada dos Vinhos do Dão é a mais antiga região demarcada de vinhos de mesa em Portugal. A Quinta da Fata situa-se junto à aldeia de Vilar Seco, no concelho de Nelas, coração dos Vinhos do Dão. Quem visitar Nelas deparará com o monumento “Ao Escanção, por bem servir”. Este monumento, homenageando a profissão escanção, demonstra bem a importância que se dá na região ao vinho e à sua qualidade. Foi mandado erigir pelo Dr. Eurico Amaral, proprietário e produtor de vinho na Quinta da Fata, pai dos actuais proprietários, quando era Presidente da Junta de Turismo das Caldas da Felgueira.

Tipo: Tinto

Casta(s): Touriga Nacional, Tinta Roriz, Alfrocheiro e Jaen

Teor Alcoólico: 13,5%

Açúcar: 1,2 g/l 

Acidez Total: 10 g/l

PH: 3,68

Vinificação: Segue a escolha das melhores uvas, esmagamento e passagem para o gratino onde vai fermentar com temperatura controlada entre 24 a 28ºC, até esgotamento total dos açúcares. Finalizada a fermentação alcoólica o vinho é trafegado para depósito de inox e fica até o final da fermentação malolática. Antes do engarrafamento sofre apenas uma ligeira colagem com agentes vegetais e depois uma filtração antes do enchimento das garrafas, de modo a preservar todo o potencial aromático. 

Envelhecimento: 6 meses em barricas de carvalho francês e americano de 2º uso.

NOTAS DO ENÓLOGO

Visual: Cor vermelho bem vivo.

Aroma: Floral e fresco com notas amadeiradas. 

Paladar: Vinho estruturado, fresco onde sobressai fruta vermelha madura e alguma fruta negra, associada a algumas notas tostadas. Vinho com final persistente e harmonioso. 

Harmonização: Com carnes e queijos encorpados.

Temperatura de Serviço: Entre 16ºC à 18ºC.